• 48 3224.2224
  • tortola@tortola.com.br
  • Câmbio Tortola em 13/09/2019:   4,23
  •  / 
  • 4,66

PACOTES - Europa

ST9083 LISBOA, MADRI, ANDALUZIA E MARROCOS


 Desde maio del 2019 hasta setembro del 2019


Solicitar mais informações

Dia 1: BRASIL - LISBOA (H)

Saída da cidade de origem em vôo com destino a Europa.

Dia 2: LISBOA (MP)

Chegada em Lisboa e traslado ao hotel. Restante do dia livre para apreciar as suas praças e os seus bairros. Jantar e Acomodação.

Dia 3: LISBOA (AD)

Café da manhã. Visita panorâmica: Travessia da Ponte Pênsil 25 de Abril, o Mosteiro dos Jerônimos, a Torre de Belém, o Monumento aos descobridores, as Praças do Comércio, do Rossio e de Marquês do Pombal, etc. Tarde livre à sua disposição com possibilidade de realizar (opc) uma excursão a Sintra, onde visitaremos o interior do Palácio Nacional. Posteriormente nos dirigiremos ao Cabo da Roca (ponto mais ocidental do continente europeu) para continuar a Cascais, mescla de tradicional porto pesqueiro e estação balneária. Tempo livre e continuação a Estoril, conhecido pelo seu cassino. Regresso a Lisboa. Pela noite (opc) realizaremos um passeio noturno pela cidade iluminada, assistindo a um típico espetáculo de fados com jantar incluído. Acomodação.

Dia 4: LISBOA (OPCIONAL A FATIMA E OBIDOS) (AD)

Café da manhã. Dia livre. Se desejar, poderá fazer uma excursão opcional a Fatima, onde aproveitaremos de tempo livre para conhecer a Basílica das Aparições. Continuação a Óbidos, cidade medieval amuralhada, onde também aproveitaremos de tempo livre para conhece-la. Regresso a Lisboa. Acomodação.

Dia 5: LISBOA - MERIDA - MADRI (MP)

Café da manhã. Saída à Mérida, importante cidade romana e ponto destacado da Via da Prata e cujo conjunto arqueológico foi declarado Patrimônio da Humanidade. Tempo livre para conhecer seus vestígios romanos. Continuação a Madri. Restante do dia livre. Jantar e acomodação.

Dia 6: MADRI (AD)

Café da manhã. Visita panorâmica dos edifícios e monumentos mais característicos da capital do Reino de Espanha: as Praças de la Cibeles, da Espanha e de Netuno, a Puerta del Sol, a Gran Vía, a Calle Mayor, fora da Praça de Touros das Ventas. , Rua Alcalá, Paseo del Prado, Paseo de la Castellana, etc. Resto do dia livre para continuar conhecendo a capital da Espanha. Além disso, se desejar, você pode fazer uma visita opcional muito completa a Toledo, onde faremos um passeio de ônibus pelo perímetro da cidade, de onde teremos uma visão geral esplêndida de seu patrimônio artístico e passearemos por suas ruas e praças mais emblemático, incluindo a entrada para o interior da Catedral, considerada uma das obras-primas da arte espanhola e como um final deste dia à noite, você pode opcionalmente assistir a um flamenco tablao onde conheceremos as raízes musicais da arte espanhola. Acomodação.

Dia 7: MADRI - CORDOBA - SEVILHA (MP)

Café da manhã. Partida para Córdoba, capital da província Bética durante o Império Romano e o Califado de Córdoba durante o período muçulmano na Espanha, tornando-se a maior cidade do Ocidente no século 10. Tempo livre para conhecer o centro histórico da cidade e sua Mesquita, começou a construir no século 8, por ordem do Emir Abd-al-Rahman I, e que depois de várias extensões chegou a 24.000 m. Possibilidade opcional de fazer uma visita guiada a ele. Continuação para Sevilha, uma cidade cheia de contrastes, com um dos mais belos centros históricos da Europa e com maravilhosas obras de arte que marcam as diferentes culturas que a atravessaram. Jantar e acomodaçao.

Dia 8: SEVILHA (AD)

Café da manhã. Pela manhã, visita panorâmica da cidade: Praça da Espanha, situada no coração do conhecido Parque de Maria Luísa e construída para a Exposição Universal de 1929, Bairro de Santa Cruz, onde se encontrava o bairro judeu até a expulsão da Espanha e hoje em dia um dos bairros mais característicos da cidade, com seus calçadões e suas praças de casas caiadas de branco com grades de ferro forjado: o exterior da Giralda, torre que representa maior expoente da cultura almohade proveniente do Norte da África, cultura que fez com que a cidade se convertesse, depois da derrota de Córdoba, no centro cultural e artístico mais importante da Espanha muçulmana e símbolo também da Espanha Cristã, quando em Sevilha, devido ao comércio que se desenvolveu com a América no século XVI, se realizaram importantes obras arquitetônicas, entre as que se destacam o novo acabamento da torre no estilo renascentista, etc. Tarde livre a sua disposição para continuar passeando e desfrutando desta maravilhosa cidade. Se desejar, terá a possibilidade de realizar um passeio em barco pelo rio Guadalquivir e assistir a um típico espetáculo folclórico, onde através da dança e da música, conhecerá a essência dos andaluzes. Acomodação.

Dia 9: SEVILHA - ESTREITO DE GIBRALTAR - ASILAH - FEZ (MP)

Café da manhã. Saída para o Estreito de Gibraltar, para realizaruma agradável travessía em ferry, que permitirá mudarde continente em alguns minutos, indo desde a Europa até a África. Chegada ao porto de Tânger, onde começaremos uma viagem surpreendente por Marrocos, que nos levará a um mundo exótico, acolhedor e mágico, o qual será sempre lembrado. Continuação a Arzila, bonito povoado marinheiro, com tempo livre para passear por sua pequena medina, branca e azul, e bordear as muralhas construídas pelos Almôades e que séculos mais tarde foi fortificada pelos portugueses, que ocuparam a cidade durante um século. Continuação a Fez, capital religiosa de Marrocos. Jantar e acomodação.

Dia 10: FEZ (MP)

Café da manhã. Visita panorâmica: as portas do Palácio Real, o bairro judeu ou Mellah, a porta de Bab Jeloud, até chegar à grandiosa medina, ou cidade antiga. A visita a medina será realizada caminhando entre as suas ruas, que parecem um labirinto e resultavam invencíveis aos antigos invasores. Mil cheiros, sons e sabores unem-se para provocar nos seus visitantes uma volta ao passado. Almoço. Continuação da visita pela tarde, com tempo livre para passear ou para realizar compras na cidade mais artesanal do país. Pela noite, poderá realizar opcionalmente um jantar espetáculo num antigo palacete. Acomodação.

Dia 11: FEZ - ATLAS MÉDIO - ERFOUD (PC)

Café da manhã. Saída ao sul do país, passando pelo Atlas Médio, onde encontraremos a cidade de Ifrane, criada pelos franceses em 1930 como destino de férias, com lagos, parques e casas em estilo alpino, sendo conhecida como “a Suíça de Marrocos”, e durante o inverno é o lugar favorito da alta sociedade marroquina para a prática do esqui. Também passaremos por Azrou, importante centro de artesanato do país. Parada em Midelt para o almoço. Continuação pelo vale de Ziz, onde se encontrava a antiga e legendária cidade de Sijilmassa que foi uma importante escala para as caravanas nas rotas que ligavam o Mediterrâneo com o centro da África, atravessando o deserto do Sahara. Chegada emErfoud. Jantar e acomodação. Opcional: Jantar e acomodação em Jaimas (Tendas).

Dia 12: ERFOUD - GARGANTAS DEL TODRA - OUARZAZATE (MP)

Excursão opcional em carros 4x4 para aproveitar o amanhecer sobre as dunas de Merzouga. Café da manhã e saída em direção ao Oásis de Tinghir, parando nas Gargantas do Todgha, as quais nos rodeiam paredes de argila que chegam a atingir, em seu ponto mais alto, 300 metros de altura, com uma largura menor de 10 metros. Por elas passam o rio Todgha. Também terá a oportunidade de ver como vivem os nômadas das montanhas, como pastores de cabras. Continuação até Ouarzazate, pela estrada das Mil Kasbahs, fortificações e cidadelas de adobe espalhadas pelo deserto. Jantar e acomodação num hotel.

Dia 13: OUARZAZATE - KASBAH DE AIT-BENHADDOU - GRANDES ATLAS - MAR RAKECH (MP)

Café da manhã. Depois de uma breve visita de Ouarzazate, continuaremos nosso caminho para visitar Aït-Ben- Haddou, onde conheceremos a Kasbah mais famosa do Marrocos, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1987, e que tem servido como cenário para muitos filmes, como por exemplo: Lawrence da Arábia, A Jóia do Nilo, Asterix e Cleópatra, Gladiador, Alexandre, etc. A Kasbah se fez forte poderosa no período das caravanas comerciais que chegavam desde outros pontos da África e necessariamente deviam atravessar o Grande Atlas, o qual cruzaremos através do passo de Tizi n’Tichka, onde a aridez do terreno, a dureza do clima e o pastoreio excessivo não tem permitido o nascimento de grandes extensões de bosques, como no Atlas Médio, e a sua paisagem está formada por ermas ladeiras nas que surgem povoados da mesma cor que a terra, que lhe dão um caráter especial e único. Chegada em Marrakech. Jantar e acomodação.

Dia 14: MARRAKECH (MP)

Café da manhã. Visita panorâmica: os jardins da Menara, o minarete de Koutoubia, o Palácio da Bahia, as Tumbas Saadies, que datam de finais do século XVI, e nelas estão enterrados os membros da dinastia saadí e também seus serventes e guerreiros. A visita terminará na praça de Jemaa el Fna, coração da cidade e a melhor representação da vida cotidiana de Marrakech, rodeada por mercados cheios de aromas e cores nos que vivem e trabalham os diferentes grêmios da Medina: os ferreiros, os tintureiros, os negociantes de couro natural e especiarias, e onde se misturam milhares de perfumes, etc. Regresso ao hotel. Almoço. Tarde livre. Se desejar, poderá assistir opcionalmente a um jantar espetáculo folclórico com atividades equestres no famoso restaurante “Chez Ali”. Acomodação.

Dia 15: (MP)

Café da manhã. Saída para Casablanca. Visita panorâmica da cidade, a qual conheceremos os lugares mais interessantes da mesma, como por exemplo o Boulervard Corniche ou a Praça das Nações Unidas, etc. Conheceremos também o interior da Mesquita de Hassan II, impressionante obra arquitetônica, inaugurada em 1993, coincidindo com o dia de nascimento do profeta Maomé. Para sua construção trabalharam mais de 10.000 artesãos, utilizando todo o tipo de materiais, como o mármore, granito, madeira, mosaicos, gesso, etc. Possui um aforo para mais de 100.000 crentes, sendo uns 80.000 no pátio exterior e 25.000 em seu interior. Pode ser visto desde todos os pontos da cidade, com um minarete de 200 metros de altura, que faz com que esta mesquita seja o templo muçulmano mais alto do mundo e o segundo maior em dimensões e capacidade após a Meca. Continuação para Rabat, capital do Marrocos, elegante cidade que combina a tradição do país com a influência da cultura europeia. Visita das portas exteriores do palácio Real, o Mausoléu de Mohamed V, a torre de Hassan e as ruínas Oudayas. Jantar e acomodação.

Dia 16: RABAT - ESTREITO DE GIBRALTAR - MALAGA (COSTA DO SOL) (MP)

Café da manhã. Saída ao porto de Tânger Med, para pegar o ferry que nos permitirá cruzar o Estreito de Gibraltar até a Espanha. Continuação à Málaga, capital da Costa do Sol e o lugar onde nasceu Pablo Ruiz Picasso. Tempo livre que pode ser aproveitado para conhecer o animado ambiente noturno da cidade ou para passear pela cidade, para apreciar a influência das diferentes culturas que passaram por ela, desde a época romana até a Málaga atual, sem esquecer os importantes vestígios da época muçulmana. Continuação ao hotel. Jantar e acomodação.

Dia 17: MÁLAGA - GRANADA (AD)

Café da manhã Partida para Granada, localizado maneira a meio caminho entre o Mar Mediterrâneo e as montanhas de Sierra Nevada e sentado sobre os cursos dos rios Genil e Darro, é sem dúvida a cidade que recebeu os maiores elogios ao longo viajantes do tempo, geógrafos, historiadores e escritores de todas as idades que foram cativados por sua cheio de cor local, arte e cantos que valem belezas descobrindo. City Tour Panorâmico: Vamos visitar, entre outros locais da área da universidade, a parte moderna da cidade com o Palácio de Congressos, o velho souk, o Mirador de San Cristobal com vista para a cidadela do labirinto Albaicin de ruas estreitas jasmim perfumado, então nós fazer uma visita guiada do Alhambra, conhecida em árabe, bem como para suas paredes avermelhadas ( «qa'lat al-Hamra '», Castillo Rojo, um dos símbolos mais importantes da Espanha muçulmana, com uma localização estratégica privilegiada em frente aos bairros de Albaicín e Alcazaba. Foi o local de residência da dinastia Nasrida até a sua expulsão da Espanha pelos reis católicos. Durante esta visita, podemos descobrir todos os seus segredos, suas lendas, suas torres, suas fontes, seus salões, seus pátios e jardins irão transportá-lo para uma época lendária. A ordem das visitas pode variar dependendo da hora de entrada no Alhambra. Acomodação. * Devido às restrições atuais à entrada para visitar o interior da Alhambra, será eventualmente substituído por uma visita guiada ao interior da Catedral e ao túmulo de Los Reyes Católicos.

Dia 18: GRANADA - CONSUEGRA - MADRI (AD)

Café da manhã. Na hora indicada, partida na direção do desfiladeiro de Despeñaperros, antigo ninho de bandidos e conexão da Andaluzia com Castilla-La Mancha, a terra onde se desenvolve a obra-prima das línguas castelhanas. D. Quijote de la Mancha. e como o famoso cavaleiro iremos em busca dos Moinhos de Vento, fazendo uma parada em Consuegra. Tempo livre para conhecê-la e poder fotografar os Mills de um ponto de vista maravilhoso. Chegada em Madrid. Acomodação (*) Se o grupo for igual ou inferior a 10 pessoas, esta viagem será feita por minivan ou trem, sem paradas intermediárias, sempre incluindo a transferência entre o hotel e a estação ferroviária e vice-versa.

Dia 19: MADRI (D)

Café da manhã. Tempo livre até a hora indicada para o traslado ao aeroporto para sair em avião ao seu país de origem. Fim dos nossos serviços.

 








Voltar